gototop
CONPLAN
FacebookTwitter
Terça, 08 Agosto 2017

Habita Brasília vai garantir novas quadras em Samambaia e Recanto das Emas

 

Movimentos habitacionais acompanharam a votação de projetos urbanísticos apresentados no Conplan

O Governo de Brasília obteve uma importante conquista para o enfrentamento do déficit habitacional no DF. Nesta segunda-feira, dia 07, 28 integrantes do Conselho de Planejamento Territorial e Urbano no DF (Conplan) aprovaram, por unanimidade, os projetos urbanísticos do Centro e do Subcentro Urbano 400 - 600 do Recanto das Emas e os das quadras 100 ímpares e do Subcentro Oeste em Samambaia, inseridos no Habita Brasília, programa habitacional do DF.

Os processos foram submetidos ao colegiado que acompanhou o voto dos relatores. A sessão contou com a participação de representantes do movimento habitacional que acompanharam com expectativa a votação, as novas áreas devem beneficiar quase 25 mil habitantes do DF.

Os projetos urbanísticos projetos urbanísticos preveem lotes residenciais unifamiliares, casas sobrepostas, além de áreas para comércios, serviços e equipamentos públicos. Outro ponto importante para as futuras quadras é a integração com o transporte coletivo e a incorporação de infraestrutura cicloviaria para transporte da população.

De acordo com o secretário de Gestão do Território e Habitação, Thiago de Andrade, os projetos são prioritários, principalmente porque estão previstos em regiões centrais do DF, garantindo a integração da cidade e moradia digna, além desenvolvimento econômico. “É uma mudança de paradigma, estamos revertendo a concepção de construção de unidades habitacionais em áreas cada vez mais periféricas onde não há cobertura de transporte e serviços, e focando em regiões que possuem potencial de desenvolvimento urbano. Ganham os antigos moradores, com a oferta de mais serviços e dinamização da economia e ganham os beneficiados pelo Habita Brasília que serão instalados em local com potencial de crescimento e fixação de suas famílias”.

De acordo com Eliane Torquato Branca, integrante de movimento habitacional, a aprovação traz mais expectativas para o movimento para quem sonha com a casa própria. “Com essa aprovação poderemos iniciar construções de casas populares com um alívio significativo no bolso da população menos favorecida”.

Os projetos poderão ser viabilizados por sistema de produção das próprias cooperativas de movimentos habitacionais, dinamizando o processo, já que não depende de disponibilidade de recursos do governo.

Com a aprovação pelo Conplan, a Terracap, que disponibiliza as áreas, segue o processo de licenciamento para os parcelamentos. Tão logo as licenças necessárias sejam totalmente emitidas, os projetos serão publicados no Diário Oficial e os projetos necessários de infraestrutura poderão ser contratados.

Mais informações sobre os projetos estão disponíveis em: http://www.nosurbanos.segeth.df.gov.br/

Saiba mais sobre as reuniões do Conplan acessando: http://www.conplan.segeth.df.gov.br/

Siga nossas redes

Facebook: sec.gestaodoterritorioehabitacaodf

Twitter: @Habitacao_DF

Youtube: Segeth Ascom

Web: www.segeth.df.gov.br

 

VOCÊ ESTÁ AQUI: Início